sexta-feira, 10 de dezembro de 2010

12 DE DEZEMBRO


ANJO VEHUEL

CATEGORIA PRINCIPADO

PRÍNCIPE HANIEL
UMA DAS QUALIDADES MAIS NOTÁVEIS DE QUEM NASCEU HOJE É A CORAGEM. SUA DETERMINAÇÃO É FORTE O SUFICIENTE PARA SUSTENTÁ-LO DIANTE DE QUALQUER CRISE OU OBSTÁCULO. TALVEZ ESSA ENERGIA TODA VENHA DA SUA CRENÇA DE QUE VOCÊ PERTENCE A OUTRO MUNDO. FREQUENTEMENTE, VOCÊ SE SENTE UM ESTRANHO NO NINHO. ISSO PODE TRAZER PROBLEMAS EMOCIONAIS. SEU LEMA DEVE SER A BUSCA DO EQUILÍBRIO. PROTEGE OS QUE ALIMENTAM AS VIRTUDES E BUSCAM DESENVOLVER OS TALENTOS. DÁ SENSIBILIDADE, CORAÇÃO GENEROSO, AMOR ÀS ARTES E À JURISPRUDÊNCIA. PRECAUÇÕES: DESENVOLVER A SOLIDARIEDADE, COMBATENDO TENDÊNCIAS EGOÍSTICAS. EVITAR ATITUDES FALSAS, FINGIMENTO. CULTIVAR O RESPEITO PELO PRÓXIMO. COM ORAÇÃO, ELIMINAR QUALQUER VESTÍGIO DE RANCOR.
ELE TEM A MISSÃO DE VIGIAR AS LIDERANÇAS E CUIDAR DO REINO VEGETAL. CONSOLA NOS MOMENTOS DE DESGOSTO. SEUS REGIDOS SÃO SENSÍVEIS E GENEROSOS, GLORIFICAM E EXALTAM A DEUS. TEM FACILIDADE NA LITERATURA E CARREIRA DIPLOMÁTICA. HORÁRIO 16H ÀS 16H20. SALMO 144.

SALMO 144
PARA SUPERAR AS DIFICULDADES DO DIA-A-DIA
TOMAR A DECISÃO CERTA E ACELERAR A SOLUÇÃO DE UM PROBLEMA COMPLICADO
AJUDA A RESOLVER QUALQUER PROBLEMA
ACELERA A RESPOSTA QUE VOCÊ QUER TER SOBRE ALGUM TRABALHO.
PARA TER BONS SENTIMENTOS
TOMAR A DECISÃO CERTA
PARA CURAR FRATURAS NAS MÃOS OU NOS BRAÇOS
AGILIZA AS RESPOSTAS.
ANJO DA PIEDADE
TEM A MISSÃO DE EXTRAIR DOÇURA E COMPAIXÃO DOS CORAÇÕES SECOS E DUROS. ELE ENSINA QUE A FALTA DE PIEDADE, MUITAS VEZES, É GERADA PELO MEDO DO NOVO E DA MUDANÇA QUE A ACEITAÇÃO DO QUE É DIFERENTE IMPÕE. POR ISSO, QUANDO COMPADECER-SE DE UMA PESSOA, PEÇA AO ANJO QUE O LIBERTE DA RIGIDEZ DOS PRECONCEITOS E DO TEMOR DE PÔR EM CHEQUE SUAS ANTIGAS CRENÇAS. O ANJO TRARÁ A LUZ DA ACEITAÇÃO E DA SOLIDARIEDADE.

DIA TERÇA-FEIRA

VELA BRANCA

MINERAL CORAL

HORTALIÇA ASPARGO

FRUTA MORANGO


O AMOR QUE EU GANHEI
ERA VERDADE E BELEZA.
AOS ANJOS ENCOMENDEI
DEVOLVER-ME COM PRESTEZA.
Os anjos eram chamados de DAIMONES pelos gregos, o que significa também gênios ou seres sobrenaturais. Nessa categoria, encontramos os obreiros de Deus: gnomos e duendes (terra); fadas e silfos (ar); salamandras (fogo) e ondinas (água).
O nome Daimones, porém, correspondente à palavra "demônio", como entendiam os autores eclesiásticos. Tal fato desperta uma grande curiosidade sobre o tema, já que interesses religiosos fizeram de tudo para que isso não chegasse ao conhecimento popular, principalmente nas Cruzadas, onde textos e escrituras foram eliminados em nome de Deus.
Os anjos (Daimones), que protegem os seres humanos, são diferentes dos Daimones, que ficam fora do nosso controle. Eles são perceptíveis ao nosso conhecimento, mas difíceis de mantermos contato, ainda que seja possível entrar em sua sintonia.
Os silfos, por exemplo, são elementos do ar que nos ajudam na propagação dos recados. Por esse motivo, quando fazemos um pedido escrito ao anjo e queimamos o papel, assopramos as cinzas (elemental fogo) ou sentimos vontade de andar para colocar idéias em ordem, como faziam os grandes filósofos. Utilizamos a força das ondinas (elemental água) para nossas emoções e os gnomos e duendes (elemental terra) para prosperidade.
Assim como estamos presos à terra pelas leis da gravidade e não podemos ficar suspensos no céu, os anjos têm dificuldades para ficar conosco na terra. O que dá consistência para sua permanência é a luz ou energia de nossa aura. De uma forma mais simples, poderíamos dizer que a aura é para o anjo o mesmo que o oxigênio é para nós.
Se estamos bem, automaticamente são reforçadas nossa simpatia e presença. Quando estamos tristes ou deprimidos nossa aura diminui e o anjo não atua, dando força ao nosso anjo contrário. Isto nos faz antipáticos.
O anjo guardião, que não participa das infelicidades, pede ajuda para que outro anjo resolva nossos problemas. Ficar em sintonia com seu anjo guardião é anular, neutralizar a força do gênio contrário. Com isso sua vida há de prosperar, já que Deus é Prosperidade e quer que você prospere também.
Quando fazemos uma oração, nosso anjo não ouve ou sente o pedido.
 Nesse  momento nossa aura muda de cor e é isso que ele compreende.Quando oramos, nossa aura torna-se azul ou verde.  Já quando  abraçamos uma pessoa querida, ela fica cor de rosa, o que faz,com certeza, nosso anjo bater as asas no  plano etéreo.

Daiana Rossato .

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário